7 de mar de 2011

Transcender

E se corro pelo corpo-montanha


E alcanço o topo da própria cabeça

Atiro-me precipício acima,

Alço voo, sou céu, sou águia

- E perco no pulo todas as palavras

...que não dão conta de dizer o que "sou".



Não quero ser.

Ser... dói.

Quero transcender.

Colorir.

Ventar.

Cantar.

Correr.

Orar.



Plena, plana, chão e nuvem.

Bicho e gente, também planta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário