About us


Cíntia Dal Bello, 32, é uma mistura ambulante de rompantes e fantasias, tessitura musical de instantes e de repentes, cores, calores, mágoas e alegrias... um pouco de tudo e também vazio. Às vezes eu, às vezes ninguém. Musa, mãe, mulher e poetisa. Ser/estar incomensurável, umbigo e universo, prosa e verso, espinho e pétala. Doce delírio fugaz de ser/estar o que sou/estou ainda hoje, bem aqui. Pura e simplesmente, apesar e além.

Ver lattes.

Ver blog Rascunhos sobre Cibercultura, Publicidade e Consumo.

Contatos: pubcintia@yahoo.com.br; cbello@uninove.br.




 Márcia Dal Bello, 52, mãe, criadora de estrelas, às vezes criança, às vezes vivência. Diante à timidez, se cala e se entala, mas se desfaz em poema. O tempo fugaz será incapaz de desvendar as nuances internas: sonhos e sentimentos, fantasias e descobertas, dúvidas e pensamentos. A fome de ficar a torna deusa de seu próprio pesar. E a palavra sangra suas entranhas. Palavra arma e armadura. Batalhadora incansável, luta. Que mulher estranha!

Contato: marciadalbello@terra.com.br.












Sandra Regina Dal Bello

Libriana, ama a arte da palavra e do corpo. Essa sou eu.